Home > Hatha yoga: força e vigor do corpo

Hatha yoga: força e vigor do corpo

Este artigo é sobre a doutrina e as práticas do hatha yoga – o yoga da força e do vigor corporal. Começamos por definir o que é o haṭhayoga (em sânscrito), para de seguida referir um dos principais textos: o hatha yoga pradipika.

Além disso, há um resumo sobre as posições de yoga mais comuns, as praticadas em estúdios e escolas de yoga em todo o mundo.

Índice do conteúdo

Hatha yoga o que é?

O hatha yoga é uma prática que promove a harmonia do corpo e da mente através de posturas físicas, técnicas de respiração consciente, meditação, e outras técnicas. A palavra “haṭha” é originária do sânscrito. No entanto, há quem a divida em “ha” (sol) e “tha” (lua), simbolizando a união das energias opostas. Contudo, a tradução literal da palavra haṭha é força. O haṭha yoga utiliza, portanto, força e vigor do corpo.

O texto mais antigo que descreve um sistema de hatha yoga é o Amṛtasiddhi, redigido no século 11, por um ou mais autores do budismo tântrico. Além disso, os textos mais antigos que utilizam a expressão hatha também são do budismo. Na tradição hindu, a referência só aparece depois do século XI (1). Conheça melhor a história do yoga

A prática do hatha yoga envolve a execução lenta e consciente de posturas físicas chamadas āsana, que fortalecem, alongam e promovem a flexibilidade muscular. Assim, estas posturas são geralmente combinadas com técnicas de respiração consciente, conhecidas como prāṇāyāma, que ajudam a acalmar a mente, a aumentar a energia vital (prāṇā) e a promover um estado de tranquilidade mental.

Contudo, além das posturas e da respiração, o hatha yoga inclui práticas de meditação, de concentração e de visualização, que ajudam a desenvolver a atenção plena (mindfulness) e o foco no momento presente. Assim, as práticas meditativas ajudam a acalmar a mente agitada, a reduzir o stresse e a ansiedade, e promovem a experiência de paz interior e de bem-estar psicofísico.

Posturas…para repousar

No entanto, uma das características distintivas do hatha yoga é a ênfase na realização das posturas com estabilidade e conforto, sem forçar o corpo além dos limites. Isso envolve aprender a ouvir e a respeitar os sinais do corpo, adaptando as posturas de acordo com as necessidades individuais de cada praticante. Além disso, as posições de yoga são apenas o início da jornada e devem ser entendidas como posturas de repouso (2).

Assim, embora o hatha yoga seja frequentemente associado à prática física, ele também inclui uma tradição filosófica, por vezes designada como filosofia de vida. Os ensinamentos desta tradição incluem princípios éticos, tópicos sobre o corpo subtil (cakra, nādī e kuṇḍalinī) e questões epistemológicas  sobre a natureza da consciência e do mundo.

Por tudo isso, o hatha yoga oferece uma abordagem holística com ênfase no  bem-estar físico, mental e espiritual, promovendo a saúde e o equilíbrio em todos os aspetos da vida

Hatha yoga pradipika

O Hatha Yoga Pradipika – haṭhayogapradīpikā, em sânscrito – é um texto medieval do yoga que foi escrito por Svātmārāma, por volta do ano 1420 d.C. É uma obra fundamental que aborda os aspetos essenciais do hatha yoga. Além disso, oferece orientações detalhadas sobre as práticas físicas, respiratórias e energéticas, bem como contemplativas. Podemos sintetizar os principais assuntos do livro em 7 tópicos:

  1. Introdução: O hatha yoga pradipika começa com uma introdução que explica a importância do hatha e a sua relação com outras formas de yoga, nomeadamente o rāja. Também inclui uma breve contextualização da prática.
  2. Filosofia e Princípios: O texto apresenta os fundamentos filosóficos, de matriz tântrica, incluindo as ideias de prāṇa (energia vital), cakras (rodas ou vórtices energéticos), nāḍīs (canais subtis) e a kuṇḍalinī (uma energia especial, divina).

    Técnicas

  3. Āsana (assento): Uma parte significativa do livro é dedicado às posturas físicas (āsana). A obra descreve várias posturas, incluindo instruções sobre como praticar cada posição.
  4. Prāṇāyāma (exercícios de respiração para gestão da energia vital): O texto detalha as técnicas de pranayama, que envolvem o controlo consciente da respiração para aumentar a vitalidade e acalmar a mente. Explicam-se os diferentes tipos de pranayama e os seus benefícios para a saúde.
  5. Bandhas e Mudrās: O Hatha Yoga Pradipika inclui um capítulo sobre bandhas (contrações neuromusculares) e mudrās (gestos/atitudes simbólicas), que são técnicas avançadas para direcionar e controlar o fluxo de energia no corpo durante a prática.
  6. Ṣaṭkarma (Purificação): O texto menciona o ṣaṭkarma, que são seis ações de purificação do corpo físico. Estas técnicas são de limpeza do trato digestivo, respiratório, etc., e a maioria envolve a utilização de água salgada.
  7. Meditação e despertar da Kuṇḍalinī: O Hatha Yoga Pradipika oferece perspetivas sobre as técnicas meditativas, que incluem a ativação da kuṇḍalinī. Essa energia, habitualmente no estado latente, localizada na base da coluna, pode levar à iluminação espiritual quando é ativada através do calor – tapas.
hatha yoga postura guerreiro 3

Posições de yoga

As posturas de yoga, conhecidas como āsanam no hatha yoga, são uma parte da prática de yoga. Elas promovem a saúde física e mental. Algumas das principais posturas de yoga são:

Montanha: Esta posição é a base para muitas outras posturas.

Cão com o focinho para baixo): Essa posição alonga os músculos das costas, trabalha os ombros, enquanto ativa os braços e as pernas.

Guerreiro I, II e III: Estas posturas fortalecem as pernas, e podem melhorar o equilíbrio do praticante.

Triângulo estendido: Esta postura do hatha alonga vários músculos das pernas, enquanto ativa os músculos das costas e do abdómen.

Criança: É uma posição de descanso que alonga a coluna vertebral e pode aliviar a tensão nas costas e nos ombros.

Postura fácil: Sentar-se de pernas cruzadas promove a estabilidade e a concentração, enquanto trabalha a abertura pélvica.

Cadáver: Essa é a posição para o relaxamento final na maioria das práticas de yoga, onde o praticante está completamente relaxado no tapete. Savāsana promove o relaxamento profundo.

Referências

(1) Mallinson, J., Singleton, M. (2017). Roots of Yoga. Penguin Books.
(2) Corbin, A. (2023). História do Repouso, p. 63. Quetzal.

0 0 Votos
Pontuação do Artigo
Subscrever
Receber notificações

0 Comentários
Opiniões no texto
Ver todos os comentários
0
Quero escrever comentáriox
Scroll to Top