A Erva de Trigo (Wheatgrass)

O sumo de erva de trigo é o melhor e mais refinado “medicamento” produzido pela natureza e, por consequência, o elixir de juventude e de vitalidade escolhido para os Retiros Detox na Quinta do Anjo. Este sumo é um poderoso nutriente líquido concentrado, e tem um efeito “alcalinizante” no corpo humano. Tão poderosos são os seus benefícios para a saúde, que é usado de forma terapêutica para o tratamento oncológico em clínicas como o Hippocrates Health Institute, na Flórida, e na Terapia de Gerson.

Somos os inovadores em Portugal a cultivar a erva de trigo com semente orgânica, em solo biológico, sem uso de fertilizantes, químicos ou pesticidas: 100% orgânica, 100% saudável, 100% viva!

Então o que é a Erva de Trigo?
A erva de trigo é na realidade a mesma planta que tão bem conhecemos como fonte de alimento, para a grande maioria da população ocidental: o trigo. No entanto, a erva de trigo ( wheatgrass, em Inglês), refere-se às folhas jovens da planta. É após poucos dias de germinação que o sumo é extraído das folhas, pois é nesta fase de desenvolvimento da planta que a concentração de nutrientes, minerais, fitoquímicos e vitaminas é máxima, sendo que o glúten não está presente (o glúten está presente na semente, não nas folhas).

Obrigado Dra. Ann Wigmore!
Foi graças aos estudos da Dra. Ann Wigmore (1909-1993), uma Lituana-Americana, que o uso do sumo de erva de trigo se tornou popular no ocidente. A Dra. Wigmore foi a fundadora do Hippocrates Health Institute, Boston, MA, onde durante grande parte da sua vida ensinou os benefícios do consumo de erva de trigo, e da ingestão de alimentos vivos, criando o programa “Living Foods Lifestyle”.

Nos Retiros Detox da Quinta do Anjo, seguimos os princípios da Dra. Wigmore para uma vida saudável. Introduzimos a erva de trigo biológica, e criamos uma alimentação à base de alimentos vivos. Todos os dias germinamos algo diferente, criando alimentos e bebidas “vivas”. A nossa intenção, para além da de ajudar os participantes a desintoxicarem o seu organismo, limpando, nutrindo e reconstituindo o corpo, passa também por ENSINAR “como fazer”! Ao saírem da Quinta do Anjo, os participantes terão aprendido as técnicas e princípios necessários à implementação deste estilo de vida, no conforto das suas casas e no dia-a-dia.

Benefícios e propriedades 
Por exemplo, um copo pequeno (tipo shot) de sumo de erva de trigo é equivalente, em termos nutritivos, a 2 KG de legumes! Tem o dobro de vitamina A das cenouras e mais vitamina C do que as laranjas. Contém todo o complexo vitamínico B, bem como cálcio, fósforo, magnésio, sódio e potássio (minerais alcalinos, que constituem a chave para a regeneração dos tecidos).

A erva de trigo é também uma fonte de proteína completa, contendo todos os aminoácidos essenciais. É Importante mencionar que estes aminoácidos estão agrupados de uma forma simples (ao contrário do agrupamento dos mesmos na proteína animal), o que permite ao organismo uma digestão fácil, alcalina, e também mais eficiente.

Para além de ser uma poderosa fonte terapêutica de nutrientes, vitaminas, minerais e antioxidantes, a erva de trigo é também um poderoso, e comprovado, desintoxicante do fígado e do sangue, neutralizando toxinas e poluentes ambientais. Mais uma razão pela qual o uso do elixir, extraído desta erva, ser um dos pilares do programa de desintoxicação nos programas Detox da Quinta do Anjo. A erva de trigo contém enzimas que nos protegem de carcinógenos, minimizando os efeitos da radiação e digerem toxinas.

Fresca ou em pó?
Idealmente, o sumo deve ser bebido fresco e com o estômago vazio, para que os nutrientes sejam absorvidos eficazmente.
Nos nossos retiros, são os próprios participantes que colhem a erva de trigo fresca e que fazem o seu próprio sumo, usando máquinas específicas de extração de sumo por mastigação. Mastigação é diferente do processo tradicional de centrifugação, usado nas máquinas de sumo convencionais. Durante a estadia na Quinta, pode observar-se o crescimento da erva de trigo que irá nutrir e desintoxicar o corpo, colher e beber o sumo, numa questão de minutos, sem que os nutrientes tenham tempo para oxidar.

Outra razão pela qual a erva de trigo deve ser consumida fresca, deve-se ao facto de só assim se poder ter acesso à “bioenergia” presente no organismo vivo. Esta energia de alta vibração é a força vital (designada por prana ou chi) presente no sumo, que ao ser consumida passa para nós. Estudos recentes demonstram que apenas alimentos vivos e sumos frescos tem o potencial de melhorar o sistema imunitário.

Energia solar em estado líquido
Tal como todas as plantas verdes, a erva de trigo é essencialmente composta por clorofila.
Toda a vida no planeta vem do sol, mas somente as plantas verdes tem a capacidade de converter a energia solar em clorofila, através da fotossíntese. A clorofila transporta grandes quantidades de oxigénio, sendo que quando bebemos sumo extraído de plantas verdes, ricas em clorofila, o nosso organismo recebe estas grandes quantidades de oxigênio (O2). O oxigénio é essencial à nossa saúde e bem-estar, à limpeza e desintoxicação sanguínea e à nutrição das nossas células, especialmente do nosso cérebro. Pode ser observado, em indivíduos que bebem sumo de erva de trigo regularmente, um aumento do número de eritrócitos (glóbulos vermelhos) e da concentração de O2 no sangue.

Referências
Saunders, C. The nutritional value of chlorophyll as related to hemoglobin formation, 1926
Wigmore, Ann, Be your own doctor, 1982
Wigmore, Ann, the wheatgrass Book, 1985
Clement, Brian R, Living foods for optimum health, 1998
Bar-Sela G, Tsalic M, Fried G, Nutr. Cancer, 2007

Para questões sobre este, ou outro tema relacionado com erva de trigo, desintoxicação e alimentos vivos, poderão direccionar as vossas perguntas, por Email, para quintadoanjo.tomar@gmail.com
Tentarei, dentro do meu conhecimento, esclarecer as vossas dúvidas.

2 de Maio de 2015
Ana Gema